28 de set de 2009

Massacre de Montreal é tema de filme exibido no Festival Rio 2009


Divulgação Polytechnique
O Festival Rio 2009 de cinema exibe a partir deste sábado, dia 03, o longa-metragemPolytechnique (2009). Dirigido pelo cineasta canadense Denis Villeneuve, o filme aborda o trágico massacre de Montrel que resultou na morte de
14 mulheres em 1989. A película integra a mostra Expectativa 2009 com exibição na Est Vivo Gávea 5 (03/10) e no Espaço de Cinema 2 (08/10).

Em Polytechnique, Valérie e Jean-François estudam na Escola Politécnica de Montreal, em 1989. Em um dia do mês de dezembro, um acontecimento brutal provoca mudanças irreversíveis em suas vidas. Um jovem de 25 anos entra na escola com um rifle nas mãos no intuito de assassinar todas as mulheres que cruzarem seu caminho. No massacre, o rapaz faz mais de uma dúzia de vítimas e se suicida em seguida. Polytechnique é baseado em fatos reais. E o mesmo episódio que serviu de inspiração para o filme também deu origem a campanha do Laço Branco. 

Massacre de Montreal – A tragédia ocorreu na Escola Politécnica, em Monteral, no Canadá, há quase 20 anos, em 1989. Um rapaz de 25 anos invadiu a sala de aula e ordenou que os homens (aproximadamente 48) se retirassem da sala, permanecendo somente as mulheres. Gritando: “você são todas feministas!?”, ele começou a atirar enfurecidamente e assassinou 14 mulheres, à queima roupa. Em seguida, suicidou-se. O rapaz deixou uma carta na qual afirmava que havia feito aquilo porque não suportava a idéia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino. 

O crime mobilizou a opinião pública canadense, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. Foi desse trágico episódio que nasceu a campanha do Laço Branco. Hoje, articulada com a Organização das Nações Unidas (ONU), a campanha está presente na Ásia (Índia, Japão e Vietnã), Europa (Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Espanha, Bélgica, Alemanha, Inglaterra e Portugal), África (Namíbia, Quênia, África do Sul e Marrocos), Oriente Médio (Israel), Austrália e Estados Unidos. 

RHEG – No Brasil, as ações da Campanha do Laço Branco são coordenadas pela Rede de Homens pela Equidade de Gênero (RHEG) composta por um conjunto de organizações da sociedade civil que atuam na promoção dos direitos humanos, buscando a construção de uma sociedade mais justa com equidade de direitos entre homens e mulheres. A Campanha do Laço Branco é a principal ação da Rede, a qual compreende um conjunto de estratégias de comunicação com vistas a sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra as mulheres.

Integram a RHEG: Instituto Papai (PE), Núcleo de Pesquisas em Gênero e Masculinidades (Gema/UFPE); Instituto NOOS de Pesquisas Sistêmicas e Desenvolvimentos de Redes Sociais (RJ), Instituto Promundo (RJ), Coletivo Feminista (SP), ECOS - Comunicação em Sexualidade (SP), Margens/UFSC e a Themis (RS).

VEJA O TRAILER DO FILME POLYTECHNIQUE


CONFIRA AS DATAS E HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO

OUTRAS INFORMAÇÕES:
Festival Rio 2009

Campanha do Laço Branco
info@papai.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.